Diretorias

DIRETORIA EXECUTIVA
Composta pelo Diretor Executivo e quatro diretores de unidades finalísticas das seguintes diretorias: Integração; Serviços; Região Maracanã e Deodoro; e Copacabana e Barra.

Essa estrutura atende à fase de operação dos Jogos e passou a vigorar após aprovação do estatuto em reunião do Conselho Público Olímpico, realizada em 22 de dezembro de 2015, para implementação a partir de 1° de janeiro de 2016. A estrutura anterior era composta pelas diretorias de Infraestrutura, Mobilidade, Integração, e Operações e Serviços.

Compete à Diretoria Executiva, entre outras atribuições: submeter ao Conselho Público Olímpico as diretrizes fundamentais de organização administrativa, o planejamento estratégico, financeiro e orçamentário, as propostas de plano plurianual e de orçamento anual, a proposta de Carteira de Projetos Olímpicos, bem como relatórios sobre casos em que estejam ocorrendo situações excepcionais que possam comprometer o cumprimento dos cronogramas, orçamentos, qualidade das entregas, entre outros; tomar as providências adequadas à fiel execução das diretrizes e deliberações do Conselho Público Olímpico; praticar todos os atos necessários à execução da receita e da despesa, administrar os bens da APO e decidir sobre temas de gestão e administração destinados a preservar e cumprir a missão institucional da entidade; e cooperar e interagir com o COMITÊ RIO 2016.

 

DIRETORIA DE INTEGRAÇÃO
À Diretoria de Integração compete desenvolver ferramental e mecanismos de acompanhamento e processamento das informações concernentes à realização dos Jogos.

 

 

DIRETORIA DE  SERVIÇOS
À Diretoria de Serviços compete o acompanhamento das ações para o planejamento e viabilização das obras e serviços necessários à realização dos Jogos.

 

 

DIRETORIA DA REGIÃO MARACANÃ E DEODORO
À Diretoria da Região Maracanã e Deodoro compete acompanhar a execução das obras e serviços referentes aos Projetos Olímpicos nessas respectivas áreas.

 

 

DIRETORIA DA REGIÃO COPACABANA E BARRA
À Diretoria da Região Copacabana e Barra compete acompanhar a execução das obras e serviços referentes aos Projetos Olímpicos nessas respectivas áreas.

 

Veja a estrutura no Organograma da APO